OS MUSEUS DO MARANHÃO: estratégias de difusão da informação na web dos espaços museais na ótica da Cibermuseologia

Maurício José Morais Costa, Donny Wallesson dos Santos, klautenys guedes cutrim, CONCEICAO DE MARIA BELFORT DE CARVALHO

Resumo


Análise cibermuseológica das estratégias de difusão na internet dos museus do Maranhão. Objetiva analisar as estratégias de difusão dos espaços museais do Maranhão na ótica da Cibermuseologia. Trata de um estudo exploratório om fins descritivos, que parte da pesquisa bibliográfica e documental, para discutir Museologia e Cibermuseologia, a partir de autores como Leshchenko (2015), Magaldi, Brulon e Sanches (2018), Lima (2012), Carvalho e Raposo (2012), dentre outros. Adota a pesquisa levantamento para analisar o uso das redes sociais e ferramentas web pelos museus do Maranhão, a partir de categorias de análise como: uso de sites e redes sociais (Facebook e Instagram); disponibilizam e-mail; criam blogs; divulgam projetos; informações sobre catálogo online; acervo online, entre outras. Destaca o Museu do Reggae como uma das instituições que mais explora as mídias sociais, contando com redes sociais, conta no Youtube, além de implementar em suas salas recursos tecnológicos como tables, monitores, aparelhos audiovisuais. Aponta o Museu Casa Histórica de Alcântara e o Museu Histórico de Alcântara, cujas ações restritas às redes sociais, sendo que o último tem um número expressivo de seguidores no Instagram. Os museus maranhenses embora disponibilizem os horários de funcionamento, endereço, ainda precisam investir nas mídias sociais, não apenas para alcançar um número maior de visitantes, mas para difundir suas ações, produtos e serviços.

Palavras-chave


Museologia. Cibermuseologia. Museus do Maranhão. Museu e Tecnologia.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.