MEMÓRIA, SENTIDOS E CONCEITOS DA FOTOGRAFIA COMO FONTE DE INFORMAÇÃO: recortes de acervo de jornal

Cínthia Reggiane Cordeiro de Almeida, Georgete LOPES FREITAS

Resumo


A fotografia como fonte de informação geradora de conhecimento e como um insumo para o processo de comunicação. Evidencia a importância dos registros fotográficos ao longo da história, como estão presentes na atualidade nas diversas áreas do conhecimento e do cotidiano social. Trabalha com os conceitos de fotografia, com base nas teorias da Ciência da Informação e Biblioteconomia e enfatiza seu aspecto informacional que auxiliam no resgate da memória de organizações, cidades e pessoas. Objetiva apresentar a importância das fotografias como fontes de informação histórica, por meio da análise de recortes do acervo fotográfico do Jornal O Imparcial; apresentar conceitos e história da fotografia e sua abordagem na área da Ciência da Informação e da Biblioteconomia; descrever as fotografias como fontes de informação e o seu papel no registro da memória coletiva e apresentar fotografias do acervo do Jornal O Imparcial. A pesquisa é bibliográfica, documental e campo, nas quais se utilizou a literatura pertinente à temática; 9 (nove) fotografias do acervo do Jornal O Imparcial de São Luís, Maranhão de 1960 a 1980, publicadas na coluna “Retrato da História”, disseminadas por meio de redes sociais como o Facebook e o Instagram, e a recolha de depoimentos de eminentes jornalistas que detém a memória oral do referido Jornal. Conclui que a fotografia é uma importante fonte de informação que traz a memória de diferentes povos e locais e sugere o empreendimento de novos estudos para discutir as políticas de Preservação e técnicas de Conservação dos documentos.

Palavras-chave


Fotografia. Fontes de Informação. Memória.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.