User Experience (UX): Casos em Bibliotecas Universitárias Internacionais

Marina Chagas Oliveira, Adriana Maria Souza

Resumo


Busca observar se o uso da User Experience (UX) em bibliotecas universitárias internacionais garante papel ativo do usuário em relação à biblioteca, quanto a mudanças em seus serviços e estrutura. No levantamento bibliográfico realiza-se a análise de quatro bibliotecas universitárias: University of North Carolina at Charlotte, University York, University of Fresno e University of Cambridge. As instituições afirmam utilizar a UX integrada ao estudo etnográfico, conforme definidos por Priestner e Borg em sua obra: User experience in libraries: applying ethnography and human-centered design. Como resultado, percebeu-se que a aplicação da User Experience e os métodos do estudo etnográfico, identificaram sugestões, opiniões e hábitos dos usuários na unidade de informação. Concluiu-se que a UX garante ao usuário protagonismo na unidade de informação por sua opinião, hábitos e uso do espaço, uma vez que as propostas sugeridas por eles, em conjunto com a aplicação e a apuração dos resultados do estudo etnográfico, promoveram mudanças concretas na biblioteca universitária.

Palavras-chave


User Experience. UX. Bibliotecas Universitárias. Bibliotecas Universitárias Internacionais.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.