AVALIAÇÃO DA USABILIDADE DE SITES DAS BIBLIOTECAS DE IFES BRASILEIRAS: recorte institucional

Gabriel José Teixeira da Silva, Nysia Oliveira de Sá, Gabriela Da Silva Oliveira

Resumo


Discute-se a importância de avaliar a usabilidade de sites para melhorar a experiência de navegação de usuários. Possui como objetivo geral a avaliação, com base no critério de usabilidade, dos sites de bibliotecas vinculadas às instituições federais de ensino superior (IFES) no Brasil. Baseia-se nos conceitos de fontes de informação eletrônica (sites) e usabilidade (heurísticas de Nielsen). Adota-se como método a pesquisa aplicada, de natureza exploratória, de abordagem mista; o recorte são as IFES brasileiras, em que a amostra são universidades federais, os dados coletados são analisados por meio do método avaliativo com a codificação dos sites e de etapas definidas previamente. O levantamento ocorreu em 2016, sendo o período de análise os anos de 2017 e 2018. Foram encontrados na ocasião os sites ativos de 62 instituições. No entanto, o recorte deste trabalho arrola o Ranking universitário de 2018 do jornal Folha de São Paulo, no qual se considera as 3 instituições com maior pontuação de cada região brasileira. Assim, abrange 20 universidades que apresentaram os seguintes resultados: 83,6% dos sites apresentam correspondência com o mundo real, 66,64% dos sites possuem controle fácil, 53,3% têm consistência e padrões, 86,64% são de fácil reconhecimento e 66,64% demonstram maior flexibilidade.

Palavras-chave


Instituições federais de ensino superior. Gestão de bibliotecas. Biblioteca universitária. Usabilidade. Site de bibliotecas.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.