ANÁLISE DAS ONTOLOGIAS NO PROCESSO DE CRIAÇÃO DE GAMES EDUCATIVOS: ARTICULAÇÕES COM A CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO

Daniel Cerqueira Silva

Resumo


O presente trabalho contextualiza a fragilidade existente no processo de comunicação formal dentro das equipes multidisciplinares que produzem jogos eletrônicos educativos. Sob olhar da Ciência da Informação (CI), procurou-se investigar como o uso das ontologias tem auxiliado a resolução desta dificuldade. Identificou-se a aproximação entre a CI e o design de jogos eletrônicos, dando apontamentos iniciais de como o game educativo pode ser compreendido e desenvolvido por meio das ontologias. Através de pesquisa bibliográfica, realizou-se um estudo descritivo/exploratório que analisou 4 modelos de ontologias utilizadas em games educativos, na tentativa de compreendê-las segundo seus elementos, objetivos, características e funções. O resultado da pesquisa revelou a importância do uso das ontologias para a resolução de problemas ligados a representação da informação dentro do ciclo de games educativos. Concluiu-se que ausência de padronização encontrada tanto na construção de ontologias, quanto na produção de games educativos podem abrir novos campos de estudos a serem explorados pela CI no tange principalmente a gestão do conhecimento.

Palavras-chave


Ontologias, Games Educativos, Gestão do Conhecimento, Gestão da Informação

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.