Percepções sobre privilegiados e excluídos em bibliotecas européias

Priscila Machado Borges Sena, Ursula Blattmann, José Antonio MOREIRO González

Resumo


Objetiva-se descrever e refletir acerca dos privilegiados e excluídos em nossa sociedade, a partir da relação com as características das bibliotecas visitadas na Europa entre os meses de setembro de 2018 e abril de 2019, do mundo do acesso aberto à informação e aos conhecimentos. Espera-se que a reflexão possa somar às discussões sobre a atuação das bibliotecas para a promoção da equidade na cultura do privilégio em nossa sociedade. Dessa forma, este relato pode ser caracterizado como descritivo e qualitativo por meio de observações diretas e indiretas, informações disponíveis nos websites das bibliotecas, e diálogo com os e/ou as profissionais destas instituições.
Visitar as bibliotecas foi mais que números, pois suas peculiaridades repercutem e ressoarão muito nas reflexões sobre o papel dos(as) profissionais da Biblioteconomia e informação como um todo, bem como sobre o papel das bibliotecas, dos arquivos, das unidades de informação, documentação e memória em geral.

Palavras-chave


Bibliotecas européias; Privelegiados e excluídos em bibliotecas; Acesso e uso da informação.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.