Realidade do usuário autista nas unidades de informação: estudo de caso

Vinicius Alves dos Santos

Resumo


Apresenta as inferências e resultados preliminares de uma pesquisa em andamento, objetivada na busca pelo aprimoramento dos serviços de referência nas unidades de informação, visando atender com maior inclusão e potencial adaptativo do local e dos serviços prestados, para sujeitos que são autistas de alto e moderado funcionamento. O Transtorno do Espectro Autista é exposto com suas principais peculiaridades e dificuldades, frente à uma sociedade despreparada para recepcioná-los. Similarmente é indicada a metodologia de investigação que ocorre por intermédio de questionário e entrevistas com autistas dentro das categorias informadas anteriormente, para a partir de seus respectivos relatos serem tracejadas medidas de adequação dos trabalhos desenvolvidos nas bibliotecas. Além disso, alguns resultados preliminares são mostrados servindo de apontamento para as questões que carecem de ser melhoradas nas unidades de informação. Os resultantes foram questionamentos dos autistas acerca da mobília, iluminação, estruturação dos locais de estudo e medidas de inclusão. O que se conclui é que os bibliotecários carecem de assumir seu papel de gestor, para proporcionarem um ambiente mais integralizador e desenvolvimentista para as capacidades dos autistas.

Palavras-chave


Autismo; Serviços de Referência; Acessibilidade e Inclusão; Gestão.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.