A Audiodescrição como Recurso de Acesso à Informação na Produção de Acervo para Pessoas com Deficiência Visual

Clemilda Dos Santos Sousa, Soraya Ferreira Alves

Resumo


O segmento social de pessoas com deficiência, no decorrer da história, busca a oportunidade
de acesso à educação, para exercer sua cidadania. Nesse âmbito, a universidade configura
uma oportunidade para que pessoas com deficiência possam ascender a novos horizontes,
conquistar autonomia e ser reconhecidas, não pela deficiência, mas por sua competência
profissional. Não obstante, no ambiente universitário, há consideráveis dificuldades, tais como
os aspectos ligados ao acesso à informação. Sendo assim, a aquisição do saber reclama uma
visão sobre o acesso à informação imagética contida na literatura dos acervos das bibliotecas
universitárias, de forma maneira à singularidade de cada pessoa em sua condição de
deficiência. O objetivo geral desta pesquisa é propor estratégias para instrumentalizar
audiodescritores na elaboração de descrições de imagens em livros da área das Ciências
Exatas. A metodologia escolhida foi a realização de um estudo bibliográfico e descritivo. Os
resultados confirmam a audiodescrição como recurso relevante na edição de livros em
formato acessível para pessoas com deficiência visual, e exprimem estratégias que podem
contribuir na elaboração de descrições de imagens estáticas de natureza científica na
produção de acervos para pessoas com deficiência visual.

Palavras-chave


Audiodescrição;Acessibilidade; Pessoas com deficiência visual; Biblioteca Universitária.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.