A BIBLIOTECA COMUNITÁRIA FRENTE ÀS DEMANDAS DE SAÚDE: difusão da informação no combate ao câncer

Valdirene Pereira da Conceição, Maurício José Morais Costa, Daniele Achilles, Clara Duarte Coelho

Resumo


Estudo sobre o papel das Bibliotecas Comunitárias (BCs) na difusão da informação sobre o câncer. Trata uma pesquisa exploratória, com fins descritivos, que tem como objetivo apontar as ações, estratégias e perspectivas de acesso à informação de saúde pública, assim como o envolvimento das BCs na difusão das campanhas “Outubro Rosa” e “Novembro Azul” no enfrentamento do câncer. Utiliza pesquisa bibliográfica e documental como instrumentos para discutir o papel social das bibliotecas comunitárias no que concerne às ações voltadas para a promoção da saúde. Aborda a biblioteca comunitária como lócus de informação, cidadania e instância de interlocução da organização e participação popular na comunidade. Destaca a finalidade das campanhas “Outubro Rosa” e “Novembro Azul” no combate e tratamento do câncer. Apresenta como resultado ações e estratégias de mediação da informação e de fortalecimento da relação das BCs com a comunidade, destacando: rodas de conversas, eventos culturais no período das campanhas, distribuição de panfletos, sala de auto exame, bingo rosa e azul dentre outras e, que estas não se restringem aos produtos e serviços comuns e rotineiros das bibliotecas. Conclui que as Bibliotecas Comunitárias tornam-se protagonistas no processo de emancipação social nas comunidades periféricas, por meio da difusão de informação utilitária tanto no que diz respeito à prevenção, quanto aquelas que conduzem ao tratamento em si. Infere que as campanhas “Outubro Rosa” e “Novembro Azul” encontram espaço de reverberação nas BCs e que tal alinhamento só é possível quando o “território” das BCs se coloca como um lócus de transformação social.

Palavras-chave


Bibliotecas Comunitárias. Informação e Saúde Pública. Outubro Rosa. Novembro azul.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.