BIBLIOTECA PRISIONAL: O papel da biblioteca prisional e seus serviços como contribuição para o processo de ressocialização do reeducando custodiado na Penitenciária Federal em Porto Velho

Gizelle Cristina Silva dos Santos, Marcos Leandro Freitas Hubner, Pedro Ivo Silveira Andretta

Resumo


As bibliotecas prisionais são importantes instrumentos de informação e reinserção social na vida dos apenados. O presente trabalho trata-se da abordagem de tais bibliotecas, especificamente a biblioteca da Penitenciária Federal em Porto Velho, analisando seu papel de atuação e serviços ofertados que visam contribuir para a ressocialização do detento custodiando na unidade prisional. O presente trabalho apresenta em sua fundamentação teórica o sucinto conceito de biblioteca, após propõe a análise da educação e sua importância no processo de ressocialização, apresentando as atividades proporcionadas aos apenados, enfatizando a remição pela leitura, importante contribuinte. A ressocialização, levando a reflexão do que trata e sua aplicabilidade, e a seguir a ênfase ao objeto de estudo tratado, a biblioteca Federal em Porto Velho, seus serviços e funcionamento. E posteriormente o tópico de automação de bibliotecas, sugerindo como implantação o software biblivre. Realizou-se uma entrevista semi- estruturada com 7 profissionais da educação, objetivando verificar a contribuição da biblioteca na vida dos reeducandos para o processo de ressocialização, A análise dos dados através da entrevista aplicada, mostrou através de palavras chaves homônimas e contínuas nas repostas como um todo a importante contribuição que a biblioteca proporciona ao interno da PFPV

Palavras-chave


Biblioteca prisional. Ressocialização. Contribuição da biblioteca carcerária. Remissão de pena.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.