A IMPORTÂNCIA DE UM SETOR DE RESTAURAÇÃO E ENCADERNAÇÃO PARA A BIBLIOTECA UNIVERSITÁRIA: UM ESTUDO DE CASO NA BIBLIOTECA CENTRAL IR. JOSÉ OTÃO, DA PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO GRANDE DO SUL

Marcelo Votto Texeira, Lucas Martins Kern

Resumo


Este trabalho visa apresentar a importância de um setor de restauração e encadernação em uma biblioteca universitária de grande porte, apresentando um estudo de caso no Laboratório de Restauração de acervo da Biblioteca Central Ir. José Otão da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Através deste pretende-se demonstrar que a preservação de acervos é uma atividade essencial, embora bibliotecários, por vezes, planejem-na do ponto de vista teórico, esquecendo de prever espaços adequados à intervenção direta nos documentos. Um setor de restauração e encadernação dentro da Biblioteca Central da PUCRS tem demonstrado ser imprescindível para que a Biblioteca possa suprir a necessidade informacional de seus usuários. O estudo de caso realizado em uma biblioteca universitária demonstra uma realidade diferente de outras bibliotecas em razão da alta circulação e demanda contínua de alguns recursos informacionais. Desta forma, realizando intervenções diretas em alguns documentos, é possível que um mesmo livro seja utilizado ao longo de vários semestres sem que haja necessidade de adquirir novos exemplares, salvo pela atualização de conteúdo. Sem o setor de restauração e encadernação, em virtude da ampla oferta de cursos da universidade, grande quantidade de alunos e constante circulação do material, seria impossível suprir a necessidade informacional dos usuários sem reposição constante, adquirindo novos livros que já estavam disponíveis, o que, na prática, não significa conteúdo novo no acervo. Sendo assim o Setor de Restauração e Encadernação comprova-se parte essencial da estrutura da Biblioteca Central da PUCRS.

Palavras-chave


Restauração; Encadernação; Livros; Biblioteca Universitária

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.