Desenvolvimento e implementação de uma política de desbaste

Caroline Candido Veroneze, Roniberto Morato do Amaral

Resumo


Se as bibliotecas se recusarem a fornecer informação adequada às necessidades da comunidade, poderão comprometer a sua existência como uma organização social, situação comparável à de estantes abarrotadas de livros, mas sem o conteúdo desejado. O objetivo geral deste artigo foi desenvolver uma sistemática para a elaboração e aplicação de uma política de desbaste. Os métodos de pesquisa utilizados foram a pesquisa bibliográfica e a análise documental, foram levantados dados, conceitos e teorias sobre o Processo de Desenvolvimento e Formação de Coleção e suas atividades: seleção, aquisição, avaliação, conservação e desbaste. Como resultado foi elaborado proposta para sistematizar o desenvolvimento e implantação de uma política de desbaste em bibliotecas universitárias, que compreende um conjunto de atividades e ferramentas. Conclui-se que o resultado alcançado pode contribuir para a literatura da área de Processo de Desenvolvimento e Formação de Coleção, em especial para a atividade de desbaste, iniciando novos debates no assunto e auxiliando profissionais da informação a executar atividades de desbaste em bibliotecas universitárias, de forma racional e adequada às demandas informacionais e aos recursos da sua comunidade.

Palavras-chave


Biblioteca Universitária. Processo de Desenvolvimento e Formação de Coleção. Política de Desbaste.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.